sábado, 11 de outubro de 2014

Frases do livro "O Pequeno Príncipe", de Antoine de Saint-Exupéry.


Durante toda a minha vida, eu ouvi as pessoas comentarem que ler o livro ''O Pequeno Príncipe" era algo que todo mundo deveria fazer antes de morrer. Acredito que a maioria das pessoas tenha o lido quando ainda era criança. Mas já que para toda regra há uma exceção, eis aqui ela: só resolvi ler ''O Pequeno Príncipe'' agora, depois de passados 17 anos da minha vida. E como esperado: fiquei completamente encantada! Estão certos aqueles que dizem que o livro do príncipezinho é para criança; e estão, também, cobertos de razão aqueles que dizem que é um livro para adulto. Ou seja, leiam "O Pequeno Príncipe" independente de quantos anos você tenha, porque com certeza esta história irá te tocar de diferentes formas. 

Bem, pensei um pouco e vi que fazer uma resenha deste livro seria desnecessário. Primeiro porque sei que muuuuita gente já conhece a história. E segundo, porque prefiro que cada um, especialmente aqueles que não leram, possam tirar suas próprias conclusões. Então, a ideia que tive foi selecionar os trechos mais lindos que encontrei durante a narrativa e compartilhá-los aqui com vocês.

Frases do livro "O Pequeno Príncipe": 

"Quando o mistério é impressionante demais, a gente não ousa desobedecer". 

"Tu não és ainda para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu também não tens necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo..." 

"Mas, se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei um barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros passos me fazem entrar debaixo da terra. Os teus me chamarão para fora da toca, como se fosse música". 

"A gente só conhece bem as coisas que cativou".

"Os homens não têm mais tempo para conhecer coisa alguma. Compram tudo já pronto nas lojas. Mas, como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos". 

"Se tu vens, por exemplo, às quatro da tarde, desde as três eu começarei a ser feliz. Às quatro, então, estarei inquieta e agitada: descobrirei o preço da felicidade! Mas se tu vens a qualquer momento, nunca saberei a hora de preparar o meu coração..."

"Era uma raposa igual a cem mil outras. Mas eu a tornei minha amiga. Agora ela é única no mundo".

"Só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos". 

"Foi o tempo que perdeste com tua rosa que a fez tão importante". 

"Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas". 

"O que tanto me comove nesse príncipe adormecido é sua fidelidade a uma flor; é a imagem de uma rosa que brilha nele como a chama de uma lamparina, mesmo quando ele dorme (...) É preciso proteger a chama com cuidado: um simples sopro pode apagá-la". 

"As pessoas vêem estrelas de maneiras diferentes. Para aqueles que viajam, as estrelas são guias. Para outros, elas não passam de pequenas luzes. Para os sábios, elas são problemas. Para o empresário, eram ouro. Mas todas essas estrelas se calam. Tu, porém, terás estrelas como ninguém nunca as teve... Quando olhares o céu à noite, eu estarei habitando uma delas, e de lá estarei rindo; então será, para ti, como se todas as estrelas rissem! Dessa forma, tu, e somente tu, terás estrelas que sabem rir!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário, sugestão ou crítica! Obrigada por visitar o Prefira Primavera. Volte mais vezes! <3