sábado, 1 de novembro de 2014

#MaratonaEnem: Uso da vírgula (Parte 2)

Como dito no último post, agora trarei para vocês a segunda parte do uso da vírgula. Vamos conferir?!
 Emprego da vírgula entre as orações de um período
No período composto, isto é, naquele formado por duas ou mais orações, a vírgula é usada nos seguintes casos: 

Para separar orações subordinadas adverbiais:
"Quando ela chegou, nós partimos". (Or. Subord. Adv - Temporal)
"Ele foi a pé, embora morasse muito longe". (Or. Subord. Adv. - Concessiva)
Obs.: Pode-se dispensar a vírgula se a oração principal vier antes da oração subordinada adverbial. 

Para separar orações subordinadas adjetivas explicativas
"A vida, que é breve, deve ser aproveitada". 

Para separar orações coordenadas: 
"A luta é muito difícil, mas ele não desistirá". (Or. Coord. Sindética Adversativa)

Obs.: As orações coordenadas iniciadas pela conjunção e não são separadas por vírgulas. Se, no entanto, duas orações ligadas pelo e tiverem sujeitos diferentes, elas podem ser separadas por vírgulas.

Para separar orações intercaladas: 
"A estrada, disse-nos o guarda, está alagada". 

Observação: Casos, no período composto, em que a vírgula é proibida:
1) Entre a oração principal e a subordinada substantiva (subjetiva, objetiva direta etc.):
ERRADO: "Todos afirmam, que ele já voltou".
CORRETO: "Todos afirmam que ele já voltou".

2) Entre a oração principal e a subordinada adjetiva restritiva: 
ERRADO:"Ele leu todos os livros, que comprei". 
CORRETO: "Ele leu todos os livros que comprei". 

Fiiiim! Essa foi a segunda parte do uso da vírgula. Fala aí, é muito simples, né? Espero que tenha dado para entender. E, caso tenha ficado alguma dúvida, pode deixar aqui nos comentários, pois farei o possível para saná-la. Beijooos e até o próximo post da #MaratonaEnem. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário, sugestão ou crítica! Obrigada por visitar o Prefira Primavera. Volte mais vezes! <3