sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Por um mundo sem preconceitos


Ontem, dia 20 de novembro, foi o Dia da Consciência Negra. Este dia é celebrado, basicamente, com o propósito de fazer com que as pessoas reflitam sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. Como todos sabem, desde da época da escravidão - e principalmente nela, a história do nosso país é marcada por muitos episódios de racismo. Muitos afirmam que, atualmente, o Brasil é um país livre de todo e qualquer tipo de preconceito. Mas devo dizer que, embora a prática da escravatura tenha sido abolida há muito tempo, infelizmente ainda há resquícios de um preconceito imundo e covarde. 

E não é apenas o preconceito contra os negros; é também o preconceito contra os nordestinos, os homossexuais, os mais pobres, os religiosos, e muitos outros. Qualquer tipo de preconceito, intolerância e racismo deve ser reprimido, sim! É inadmissível que uma sociedade que presa tanto por uma evolução tecnológica e econômica não queira evoluir também nos seus conceitos sociais, erroneamente, pré estabelecidos. De que vale um país rico e bem desenvolvido, se aqueles que nele habitam possuem uma mente intolerante e um coração cruel? 

Eu sei que dizer que somos todos iguais é clichê, mas direi mesmo assim: SOMOS TODOS IGUAIS! Somos uma só raça, um só povo, uma só nação e ponto! É evidente que possuímos características e ideologias bastante diversificadas - principalmente se tratando do Brasil, um país repleto de tantas misturas. Porém, na essência, somos todos humanos. E é isso que importa, afinal. 

Portanto, não sejamos conscientes só no dia 20 de novembro; mas, sim, sejamos conscientes todos os dias de nossas vidas. Digamos "não" ao preconceito! Digamos "não" ao racismo! Digamos "não" à intolerância para com o próximo! E digamos "sim" a um mundo onde o amor está acima de qualquer diferença! 

Pense nisso! <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário, sugestão ou crítica! Obrigada por visitar o Prefira Primavera. Volte mais vezes! <3