domingo, 14 de fevereiro de 2016

Resenha do Livro: "Métrica", de Colleen Hoover

Olá! Eu estava olhando as últimas postagens do blog e me dei conta de que já faz um bom tempo que não escrevo resenha literária aqui. Desde a última resenha até agora, eu já li muitos livros bacanas, porém - por falta de tempo ou puro esquecimento - acabei deixando de indicá-los para vocês. Bom, mas agora vou tentar retomar esse hábito de escrever sobre os livros que leio, principalmente porque é algo que eu gosto tanto de fazer. 

Para iniciar essa nova fase, decidi trazer um livro surpreendente: Métrica. Ele foi um livro que li indicado por uma amiga (Obrigada, Endy, pela indicação e pelo livro emprestado! Haha <3) e, por causa dos comentários positivos da minha amiga acerca dessa obra, eu já comecei a minha leitura com muitas expectativas. 
E já digo de antemão: não me decepcionei nenhum pouco! Pelo contrário, me encantei com o livro e, inclusive, tive todas as minhas expectativas superadas. "Métrica", cujo título original é "Slammed", é um livro da escritora norte-americana Colleen Hoover e foi lançado em 2013 (sim, já é um livro antigo, mas infelizmente só o conheci agora. Haha).
Primeiramente, vamos esclarecer algo sobre o título. Confesso que, no primeiro momento, não soube ao certo a relação existente entre a palavra métrica e a narrativa em si. Cheguei a pensar, inclusive, que era algo ligado à matemática. Bom, eu estava enganada! Pesquisando sobre, descobri que métrica, na verdade, trata-se de uma forma adotada pelos poetas para marcar o ritmo de sua poesia. Ou seja, isso tem TUDO A VER com o livro, visto que seus personagens estão intimamente ligados com a poesia. 

E por falar em personagens, vamos, afinal, entender direitinho do que se trata a história: A narrativa gira em torno de Layken (chamada carinhosamente de Lake), uma jovem que, ao lado de sua mãe e seu irmão caçula, precisou enfrentar a morte de seu pai de forma prematura. Passados seis meses desde o falecimento, Lake vê a sua vida mudar radicalmente quando sua mãe decide que eles precisam dar tchau ao Texas e mudar-se para outra cidade a fim de reorganizar a vida. 
Diante dessa novidade, Lake acumula tristezas, medos e angústias ao se deparar com uma nova cidade, uma nova casa, uma nova vida. Sente-se perdida e, por isso, precisa dar conta de encontrar também o seu novo destino. Nesse meio tempo, ela conhece o seu novo vizinho, Will, um cara encantador que tem grandes chances de ajudá-la nessa tarefa de descobrir o que o futuro reserva para ela. 

Porém, no meio de descobertas, uma verdade é relevada, impedindo Lake e Will de ficarem juntos. Eles passam a lutar entre a emoção e a razão, tentando fugir das ordens do coração, mas se entregando dia após dia à força da poesia - e do amor!

Poesia, amor e tragédia. 
"Pura poesia. Ou um baque no coração. Se apaixonar pode ser cada uma dessas coisas... Quem sabe, ainda, sua doce e dolorosa mistura. Pelo menos é o que Layken está prestes a descobrir. Se ousar, simplesmente, viver. Se escolher enfrentar o que o destino lhe reservou. Mas o destino é inexorável... E talvez a cota de dor seja mais do que ela possa suportar. Afinal, como é possível continuar seguindo quando seu coração está congelado?"

Para quem está achando que é só mais uma historinha de amor, eu digo: não! Métrica vai muito além disso e nos presenteia com uma aula de vida, maturidade e, sim, muita poesia. Pois é, o destino pode, algumas vezes, nos mostrar caminhos tortos, repletos de altos e baixos, mas uma coisa é certa: decidir como enfrentar esse caminho é uma tarefa unicamente sua - autor de sua própria história. E é justamente isso que Lake e Will precisam fazer. 

Além de toda uma narrativa bem pensada e surpreendente, o leitor ainda é agraciado com momentos de pura poesia. E, por incrível que pareça, não é uma poesia clichê e rotineira, é uma poesia que vem da alma, nos fazendo mergulhar profundo na história. Não se espante se, de repente, ao ler o livro, você sentir uma lágrima escorrendo pelo seu rosto; está tudo bem, foi só a Métrica que conseguiu embalar o ritmo do seu coração. 

Boa leitura! <3 

2 comentários:

  1. Não tinha ouvido falar desse livro ainda, e eu amo livro de romance :)

    Oi Letícia, tudo bem ?
    Te indiquei em uma tag, se você puder responder eu agradeço :)

    http://saramarins.blogspot.com.br/2016/02/tag-irmandade-dos-blogueiros-as-do-mundo.html

    ResponderExcluir
  2. Oi linda, te indiquei a um prêmio no meu Blog, espero que confira. Beijos !
    http://blogvictoriachristine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá! Deixe aqui seu comentário, sugestão ou crítica! Obrigada por visitar o Prefira Primavera. Volte mais vezes! <3