segunda-feira, 16 de maio de 2016

Quando descobri que tenho a sorte de um amor tranquilo


Quando o amor bater à sua porta trazendo uma tranquilidade que há tempos você não sentia, agarre-o! Não o deixe escapar por entre os dedos. Guarde com carinho, porque as chances de dar certo são enormes. Não há nada mais verdadeiro que ter alguém ao nosso lado que nos proporciona um coração tranquilo. 

Cresci ouvindo tantas definições sobre o amor, e talvez todas elas façam realmente sentido. Mas, para mim, nada vai definir melhor o amor que a palavra "tranquilidade". Já cantava Cazuza: "Eu quero a sorte de um amor tranquilo..." E que sorte! 

Descobri que o amor era a minha tranquilidade quando, numa domingo à tarde, a única coisa que eu queria era ficar agarradinha com ele, vendo Netflix e comendo as nossas baganas preferidas. Descobri que o amor era a minha tranquilidade quando, antes de dormir, o telefonema dele era tudo que eu precisava para encontrar paz após um dia cansativo. O amor virou minha tranquilidade quando nossas mãos entrelaçadas passaram a significar companheirismo e a certeza de que, nesse planeta tão cheio de gente, há um alguém que caminha comigo. O amor virou minha tranquilidade quando o beijo na testa se tornou a forma mais linda de dizer: "eu cuido de você".

Descobri que o amor era a minha tranquilidade quando a vontade de estar perto, de abraçar e de querer o bem se tornaram maiores que qualquer defeito dele. 
E quando o barulho do mundo passou a ser nada perto perto do silêncio de um abraço apertado. Quando as brigas, divergências e gritos, deram lugar a um cafuné gostoso acompanhado de um sussurrado "eu te amo" no pé do ouvido. 

Percebi que eu tinha um amor tranquilo quando a preocupação de ter um relacionamento duradouro deu lugar à certeza de que, independente de quanto o tempo passe ou do quanto as coisas mudem, aquele alguém sempre vai ser quem deixa o meu coração tranquilo.

Pois é, Cazuza tinha razão. O amor tranquilo é mesmo uma sorte. E que sorte! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe aqui seu comentário, sugestão ou crítica! Obrigada por visitar o Prefira Primavera. Volte mais vezes! <3